sábado, 3 de outubro de 2020

O que eu to fazendo da minha vida meu Deus ...Juao Paulo

 




Hoje me deu vontade de escrever alguma coisa além dos fechamentos mensais.

Faz tempo que estou em guerra com o INSS, eu não sei se me recuperarei um dia , meu médico quer fazer uma nova operação mas não é garantia de nada, já fiz 4 ou 5 nem lembro mais.

É um terror desde internação a cirurgia até a alta e pós operatório.

O SUS é terrível, e se pesquisar sobre erros fraudes, mortes, descaso de todo jeito que pode imaginar, você ficaria louco. Pois isso não sei se vou enfrentar outra cirurgia, pelo menos não no curto prazo, é complicado mexer numa coisa que está relativamente estável.

Além disso tem minha guerra contra o INSS que já bloqueou meu beneficio pela segunda vez , a primeira eu ganhei e essa vez já faz mais de um ano, ainda com o agravante da justiça ter parado durante a pandemia, e agora está voltando com a letargia de sempre. Ainda assim se eu conseguir meu direito terei que pagar um terço ao advogado do dinheiro que seria 100% meu se o INSS não fosse tão FDP.

Feita a devida introdução fiquei pensando que eu poderia fazer pra obter uma renda que faça eu não ficar a mercê da bipolaridade de um perito que acordou num dia ruim.

Não me vejo mais voltando ao trabalho, primeiro porque não aguentaria ficar muito tempo em pé e também toda a rotina de trabalho CLT 7 ás 17.

Tenho mais de trinta e preciso me reinventar.

Gostaria de ter um trabalho que, não seja com o publico, como o comercio que tenho hoje. Além da violência que é o primeiro fator de stress.

Segundo ponto seria não ter horário fixo. Eu poderia trabalhar por doze ou quinze horas tranquilamente, desde que o horário não seja fixo.

Terceiro ponto é o esforço físico, teria que ser um trabalho leve , que eu pudesse ficar sentado na maior parte do tempo.

Esse trabalho como todos devem já ter deduzido passa 90% por um trabalho digital num PC, fora disso pensei até em tirar uma carta caminhão, mas acho um rico muito grande um retorno mediano, acho que foi influência o EURO TRUCK que eu estava jogando kkk.

Tive listando varias opções.

Edição em geral, de vídeos ou fotos.

Canal no you tube / twitch.

Trabalhar com mídias digitais em geral como face Instagram e google ad em geral.

Montar e administrar paginas de internet.

Montar uma loja on line.

Um blog serio.

Desenhar CAD/CAM

De tudo que citei não tenho experiência em nada, apenas “arranho” em tudo.

Minha primeira opção seria as que não envolvem uma terceira pessoa ,fazer meu trampo sem depender de um cliente ou patrão.

Enfim esse post não terá um conclusão no momento, gostaria de fazer um brainstorm nos comentário e ver opções que eu estou deixando passar.

Poderia inclusive investir em cursos e materiais se for preciso, então espero que me ajudem com idéias que atendam os requisitos, horario flexível, risco baixo de violência/assalto, que possa trabalhar na maior parte do tempo sentado e se possível não dependesse de funcionários num primeiro momento. Mas não se limitem a isso estou aberto a sugestões.

Agradeço desde já.




10 comentários:

  1. Você é bom em alguma matéria escolar? Poderia dar aulas particulares. Isso não resolveria sua vida, mas poderia te dar uma renda extra.
    Outra coisa: ser chaveiro. Da pra trabalhar sozinho, da pra fazer horário flexível, precisa de investimento baixo, o risco é que fica na rua, então entra no risco de sofrer assalto, mas quem não está sujeito a isso hoje em dia, né? Eu vou até escrever um post sobre isso, mas da pra combinar chaveiro e relojoeiro (trocar pino, pulseira, bateria, vidro). Se você tiver carro, da pra ser motorista de entrega ou de uber mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Depois de 3 anos procrastinando resolvi agir. Estou montando meu projeto e estou indo tyudo com ele. Claro que trabalho reparticao publica e advogo. Ele será paralelo. Dando certo aos poucos irei diminuir minha carga horária dos outros e focar mais no projeto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem a vantagem de ter uma profissão na qual se pode ganhar razoavelmente bem trabalhando como autônomo.
      Com todos os defeitos do Direito, ter uma profissão que permite trabalhar sozinho tem suas vantagens, nem que sejam profissões operacionais ou braçais, como marceneiro, mecânico, pintor etc.
      Li seu post sobre carreira pública, infelizmente tem muitos funcionários públicos que não estão mais satisfeitos (ou nunca estiveram) com seus empregos, mas só vão sair desses empregos quando aposentarem, conheço pessoas com menos de 40 anos, já pensando em se aposentar nas suas atuais funções.

      Excluir
  3. Olá, SDM, tudo na paz? Espero que sim!!

    Então, acho que você tá certo...pra se mexer e sair do canto, é importante estabelecer objetivos... acho q vc estabeleceu mtos mas é isso aí!!


    Aproveito pra dizer que te adicionei à minha lista de blogs...


    Eu voltei de viagem agora em navio e postei agora há pouco e gostaria de uma visita sua com sua opinião acerca da minha compra do meu apartamento. Também pergunto algumas coisas como eu ser o novo organizador do Ranking da FinansFera e tal... posso contar com sua opinião?

    Segue o link: http://www.intendentefrugal.com/2020/10/comprei-meu-apartamento-e-conto-como.html


    Um forte abraço, meu amigo!

    IF

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde Senhor Soldado, acredito que uma opção viável é comprar itens do aliexpress e revender na internet. Alguns itens possibilitam ganhos de 200%. (Dê preferência a itens não eletrônicos, procure nichos com menor concorrência e maior procura por parte dos consumidores)

    ResponderExcluir
  5. Fala Soldado! INSS é muito paia, mais uma coisa a se ficar com raiva deste bostil. Se vc estiver "de boa" vc pode ir atrás, se descobrir e limpar a mente para pensar melhor no que vai fazer. Faça cursos, qualquer coisa que abra a mente é bem vinda. Um abraço e melhoras, caro amigo!

    ResponderExcluir
  6. Poxa, situação complicada. Uma ideia é comercializar alguma coisa. Pensar em algo que tenha demanda por parte de um pequeno comerciante/representante e se especializar nisso.

    ResponderExcluir
  7. É, não é fácil, mas não dá pra desistir. O mais importante é esforço e perseverança, o resto se dá um jeito!

    ResponderExcluir
  8. Qual a região, cidade, estado em que você mora? isso influencia no tipo de negócio !

    ResponderExcluir
  9. E vc metendo o pau na CLT e no Estado de assistencialismo...sacanagem o que estão fazendo com vc, mas que sirva de reflexão para esse país liberal que boa parte da classe média brasileira propaga como se fosse um mantra.

    ResponderExcluir